Atletas praticam Muay Thai na Casa da Luta Nilopolitana e conquistam prêmios estaduais

Publicado porem 29/11/2023

Tiago Santos, mais conhecido como Tiago Samurai, é o mestre de 45 alunos que praticam o Muay Thai, ou box tailandês, nas tardes de segundas, quartas e sextas-feiras na Casa da Luta Nilopolitana, no bairro Frigorífico. Pupilo do sensei Gessé Cintra, ele agora alça seus próprios vôos e coordena o Samurai Team, que é filiado à Federação Carioca de Muay Thai e à Liga de Muay Thai.

Morador de Anchieta, Tiago Samurai aposta suas fichas no jovem nilopolitano Amilton Lopes, 19 anos. Ele ganhou as duas lutas que disputou em 1 ano e 8 meses, no Rio Comprido e em Marechal Hermes, e já atingiu a graduação vermelha com ponta azul clara (nível intermediário). São competições únicas, em que a pessoa ganha ou perde e vai embora. Faltam três faixas para chegar à faixa preta.

Dedicação não falta ao rapaz, que emagreceu 26 quilos durante esse período. “Eu tenho 1,81 de altura, e nesse período passei de 102 para 76 quilos”, recordou o nilopolitano. “Sempre gostei de luta, praticava judô antes e competi três vezes, mas há um ano e meio quebrei a perna e parei. Decidi voltar no Box Tailandês. Eu gosto da trocação de golpes, do combate”, salientou Amilton.

Ele afirmou que conheceu o esporte por meio do tio, que era hiperativo. “Ele praticava vários esportes, inclusive artes marciais. Se eu tiver a possibilidade de me tornar um atleta, vou abraçar a oportunidade”, garantiu Amilton. Os iniciantes usam proteção e caneleira, e a medida que vão avançando nas técnicas, é permitido o uso de cotoveladas, por exemplo.

“Sobrinho de peixe, peixinho é”. O sensei Gessé Cintra é tio de Augusto Moraes, 14 anos, que está no 8º ano, mora em Nilópolis e está praticando a modalidade há quatro meses.

Por sua vez, Luiz Carlos da Silva, 38 anos, designer gráfico, já fez artes marciais e voltou a convite de Mestre Samurai. Ele também é de Anchieta.

Sobre o Muay Thai

Luta marcial tailandesa, o Muay Thai é chamado de “luta das 8 armas”. Essas armas são as partes do corpo utilizadas nos golpes: dois cotovelos, dois punhos, dois joelhos e a combinação das duas canelas e dos dois pés.

Conhecido também como thai boxe ou boxe tailandês, o Muay Thai utiliza socos, cotoveladas, joelhadas, chutes e técnicas de esquiva e proteção. Ele aparece com uma técnica de defesa e de guerra, desenvolvida pelos tailandeses para sua proteção e para a defesa do seu território contra os inimigos.

Essa luta se difundiu na Tailândia e, além dos propósitos militares, começou a ser praticada como um esporte. Hoje o Muay Thai tem adeptos no mundo todo e em 2016 tornou-se um esporte olímpico.

_ Via RJ4 News


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *



No ar agora:

Título

Artista

Background